Três canais no youtube para um estilo de vida sustentável

Hoje eu indico canais no youtube para quem já leu e assistiu materiais que alertaram sobre a necessidade de mudanças, mas quer ideias sustentáveis para o seu dia a dia, como dicas de como viver de forma sustentável. Esse é o post menos óbvio da série de três posts que fiz com indicações de materiais para uma vida sustentável. As indicações anteriores abordam principalmente consumo, seja por meio do minimalismo ou um outro olhar sobre a moda. Mas a série não poderia terminar sem falar sobre o peso que a alimentação tem na devastação do meio ambiente, então hoje entra também esse tema. Vamos às três indicações:

1. Giovanna Nader

O canal fala de forma simples e prática os passos que você pode seguir para comprar menos roupas – sem jamais perder o estilo – falando abertamente sobre consumismo, ansiedade de comprar e como montar o seu armário-cápsula. Giovanna é criadora do Projeto Gaveta, uma forma de feira de trocas de roupas, pra quem quer renovar o armário sem precisar consumir. Ela dá até dicas de como usar fraldas ecológicas, deixando de gerar assim um lixo que levaria centenas de anos para se decompor.

2. Panelinha

O canal Panelinha é o menos óbvio. Ele não vai te ensinar nada sobre consumo consciente mas sim sobre autonomia na cozinha. Por que isso é importante para uma vida sustentável? Quando você não sabe cozinhar, fatalmente vai acabar gastando mais em comidas industrializadas cheias de embalagens plásticas e ainda muitos aditivos químicos que não são saudáveis. Ao saber cozinhar você pode escolher produtos mais saudáveis e controlar exatamente o que entra no seu organismo, além de gerar menos lixo de plástico.  

No canal, a Rita Lobo ensina partindo do básico do básico, como a fazer arroz e feijão direito. Quando se começa a perceber que dá pra fazer comida em casa e ela fica boa é mais natural que isso se torne um hábito.

3. Presunto vegetariano

Não dava pra terminar essa série também sem mencionar o quanto que o consumo de carne é prejudicial ao meio ambiente. Quem procura dicas de como viver de forma sustentável encontrará essa recomendação. O tema é complexo, mas resumindo, a produção de carne produz uma grande quantidade de gases do efeito estufa, além de desmatamento. Um estudo amplo sobre o tema aponta que mesmo a redução de carne já alcança uma melhora no impacto no ambiente. Mesmo que você não queira ser vegetariano ou vegano, pode ganhar aprendendo receitas com ingredientes vegetais e trocando algumas porções de proteína animal por vegetal. Pra aprender a fazer comidas gostosas que substituem bem receitas que você já conhece e ainda aprender novas, eu indico o canal Presunto Vegetariano.

Se quer começar a reduzir o consumo de carne, minha dica é que você comece introduzindo novos alimentos vegetais, ao mesmo tempo ou mesmo antes de começar a cortar as carnes. Você pode também fazer uma transição gradual, começando a eliminar a carne um dia por semana, como uma segunda sem carne, pra ir se acostumando e avançando de forma que se sinta bem. E procure acompanhamento médico.

Essa foi uma série introdutória com três textos pra quem quer recomendações de canais no youtube, vídeos na Netflix e perfis no instagram que inspirem e ajudem você a ter atitudes mais sustentáveis. A partir daí acredito que você vai aprender muito e ter muito e passar a se sentir mais satisfeito com o seu estilo de vida e o legado que quer deixar no mundo. Se tiver mais alguma sugestão pode deixar nos comentários e curta a página no facebook pra saber dos novos artigos.